New York say: I love Brasil!

Com S é claro!

Preciso contar muita coisa que está acontecendo no NYFW mas está difícil achar tempo. Porém, algo me chamou a atenção e isso eu faço questão de dividir com vocês o quanto antes: O BRASIL AQUI ESTÁ BOMBANDO!!!!! E não estou falando nem das modelos brasileiras, que são umas queridas e estão praticamente em todas. Nem dos esilistas. Vamos lá. Não sei se já comentei, mas é muito fácil colocar um sorriso na cara das pessoas. Só falar que é brasileiro. Sério. Eles adoram, e eles inclue-se gente do mundo todo, afinal estou falando de Nova Iorque, onde moro atualmente. E na Big Apple o mundo reside.

Pois bem. Agora voltando ao New York Fashion Week. No primeiro dia, quinta-feria, fui à apresentação da W (W Hotels Global Glam) no Box do Lincoln Center e, já no fim da apresentação, DJ terminando seu dubstep e modelos sendo recolhidas, peguei uma taça de vinho e sentei um pouco para respirar. Nisso o Elad Zanir pára do meu lado. Um cara de 20 anos que eu nunca tinha visto na vida, mas começamos a conversar. A pergunta inevitável:

– Da onde você é? – ele pra mim

– Brazilian.

Ele, com um sorriso enoooorme no rosto:

– Braasiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiilllllll!! Sabia que esse sotaque era de lá (pra quem não sabe, rsrs, nós temos sotaque por aqui. Assim como os americanos têm sotaque de americano falando português, brasileiro tem sotaque de brasileiro falando Inglês. E isso vale para todos, não tem quem passe batido…).

Pausa.

Aí eu:

– Nossa, todo mundo fala isso.

Ele:

– É, eu tenho amigos brasileiros e eles têm o mesmo sotaque.

– É, já estou acostumada a ouvir isso. E você, da onde é?

– Eu vou contar só pra você: Sou de Israel, mas sempre falo pras pessoas que sou brasileiro.

– Por que?

– É sério! Qualquer um que fala que é do Brasil, todo mundo acha legal. Quem não gosta?? Você fala que é brasileiro e as pessoas têm essa mesma reação que eu tive agora, abre um sorriso e fala “BRASIIIIIL” (pior que é verdade), todos adoram o Brasil. E Israel já não tem esse carisma que seu país tem.

Eu ainda fui confirmar com o amigo dele e, realmente, esse cara adora “fingir” que é brasileiro. Achei oi máximo, claro.

Não pára por aí. Ontem fui ao Box do estilista italiano Diego Binetti. Consegui uma entrevista exclusiva com ele e, ao dizer que era brasileira, lá vem a reação em Inglês com sotaque italiano:

– Brasiiiiiiiiiiiiill! É brasileira então, fala português, adooooorooo o seu país!!

E aí ficamos falando um pouco sobre o Brasil, a Itália e patati patata.

Quando estava indo embora, passei no Starbucks para comer alguma coisa e, na fila, um moço nova-iorquino meia idade perguntou se eu era brasileira, “pois eu tenho amigos brasileiros e eles tem o mesmo sotaque que o seu. Amoooo o Brasil, pra mim é o melhor país do mundo, adoro o Luluu (eu corrijo: Lula, kkk), suas praias, todos os brasileiros que conheço são gente boa, não tem como não gostar do seu país”.

É pessoas, e ainda tem gente que fala mal do nosso país, da pra acreditar? Gente do nosso sangue que parece que tem vergonha… mas eu que estou aqui percebo que muitas vezes os gringos dão mais valor ao nosso país do que nós mesmos.

Hoje estava no Box do Timo Weiland e, quando conversando com a mãe do Alan Eckstein (a Timo é uma marca desenhada pelo próprio e pelo Alan), ao falar que sou brasileira, ela abriu o sorriso característico, me contou que ama o Brasil, que sonha em ir pra lá e fez festa!

Isso é bem normal de acontecer, inclusive eu conversando com uma jornalista do Canadá aqui na sala de imprensa, ela fez o seguinte comentário:

– Nossa, vou começar a falar que sou brasileira agora, pois quando eu falo que sou canadense ninguém nem liga, tipo ok. Mas é só você comentar que é brasileira que ganha sorrisos, festas e atenção, kkk

Ela falou brincando, claro, mas é algo tão nítido, mas tão nítido, que eu já ouvi esse mesmo comentário de pessoas de outros países, inclusive Alemanha, Polônia…

Aí, só pra completar, o último caso foi agora de pouco. Percebi um cara fotografando no saguão principal com a camisa verde e amarela, um BRASIL enooorme estampado com a bandeira. Corro lá e pergunto se o cara é brasileiro.

– Não, eu sou de Nova Iorque mesmo, mas eu amo o Brasil.

kkkk É mole? Depois não diga que eu estou brincando em…

Seu nome é Rick, fez comérico exterior e tem um blog (www.icon-americana.com) de arte e cultura. “Eu adoro o Brasil e por isso visto a camisa. Tudo começou porque eu amo futebol e torço muito para o seu país. Mas aí veio a comida, sempre como em restaurantes brasileiros no Brooklyn. Adoro o povo, tudo.

É isso gente, preciso correr pra ver o desfile da Tommy, se é que ainda vou conseguir entrar. No próximo post vou contar como funciona esse esquema dos desfiles e da cobertura toda, super beijo!

Anúncios

11 comentários

  1. Gabi… Estou adoraaando seu blog… e amandooo a sua cobertura no fashion week!!!! Toda sorte do mundo… ;0)

  2. GÁBI!!!! QUE MOMENTO MARAVILHOSO QUE ESTÁS VIVENDO HEIN????ORGULHO DEMAIS DE VC!!!!QUANTO AO AMOR AO NOSSO BRASUCA,DEMOROU PRA ELES SACAREM,NÉ???NÓS SOMOS FODÃO!!!
    BJSSSSS
    SDSSSSSSS

  3. Oiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii filhotonaaaaaaaaaaaaaaaaa.
    Parabéns, parabéns e parabéns…… Estou orgulhoso de você. Imagino o pique que é fazer uma cobertura do NYFW. É uma correria só. Você é uma vencedora.
    Gostei muito de saber que nós brasileiros somos bem aceitos mundo afora. Você ilustrou bem isso no seu post. Os “códigos” culturais brasileiros de comunicação, que na verdade não está em nenhum manual, respondem pela simpatia como veem a gente. Parabéns novamente, pela valorização que você faz de seu país de origem. Espero que varios brasileiros leiam seu post e tenham orgulho de nossa terra. Continuar como um povo pacifico e alegre, faz do brasileiro um cidadão do mundo bem recebido e respeitado. Acho que é isso, como povo que temos que ganhar o respeito mundial. Acredito que o governo brasileiro está fazendo sua parte para nosso desenvolvimento como nação.
    Gostoso saber dessas noticias.
    Fique com DEUS filha.

  4. Oi! Sigo seu blog há um tempão, mas nunca comento (preguiçaaaaaaaaaaaaaa) e hoje esse post realmente me motivou. Não pela NYFW, mas por você comentar que eles dão mais valor ao nosso país do que nós mesmos e que muitos brasileiros descem a língua no seu próprio país, parece que têm vergonha… enfim, concordo com tudo isso (principalmente a parte dos brasileiros que têm vergonha do Brasil) e acho que os brasileiros que vivem aí deveriam por a mão na consciência e pensar mais nas coisas q eles dizem sobre o nosso país.
    Bjs!!!

  5. Pois é Marysila, muita gente ao invez de ajudar, atrapalha, reclama e ainda por cima não faz sua parte pelo país. Falta consciência de que nosso país é lindo, querido mundo a fora, com muuuita coisa a ser melhorada, diversos problemas que só serão resolvidos com muita boa vontade, e essa boa vontade começa com a população.
    To passeando pelo seu blog tb, gde beijo!!

  6. It was so nice to meet you during MBFW. And thanks for including me in your article and mentioning my website. ICON AMERICANA LOVES BRAZIL! :)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s